Sem categoria

“Como me sentiria se fosse atendido por mim hoje?” – O que eu aprendi na Saúde Pública

Hoje eu gostaria de compartilhar minha experiência. Há pouco tempo entrei no meu primeiro emprego na Psicologia, e quem diria na Saúde Pública, a área que direcionei todos os meus estudos durante a faculdade, poderia considerar o emprego que eu desejava, o meu sonho. Fazer o que gosto, aonde me sinto mais a vontade e… Continuar lendo “Como me sentiria se fosse atendido por mim hoje?” – O que eu aprendi na Saúde Pública

Sem categoria

Sobre automutilação: nenhuma dor apaga outra dor

Paciente: _Eu me corto. Terapeuta: _Por que você se corta? Paciente: _Porque uma dor maior faz diminuir outra dor. Machucar-se para aliviar a mente. Assim os praticantes da automutilação definem o transtorno que os persegue. Eles se batem, se queimam, até quebram os ossos em momentos de raiva ou tristeza profunda, mas o comportamento mais… Continuar lendo Sobre automutilação: nenhuma dor apaga outra dor

Sem categoria

Por um mundo com mais profissionais empáticos e humanizados.

O sofrimento humano me atraí! Estranha  e até assustadora  possa  parecer essa  afirmativa para você . Não sou masoquista, eu apenas me encanto por seres profundos. O sofrimento humano me atraí ! Não existe nada tão belo quanto um ser que sofre. Durante o sofrimento devemos  exercer  o poder da prática filosófica humana . Uma prática… Continuar lendo Por um mundo com mais profissionais empáticos e humanizados.

Sem categoria

Psicologia do Terror: Como Estado Islâmico usa da Psicologia a favor do terror.

“Sem dúvida, que as guerras não poderão terminar enquanto os povos viverem em tão diversas condições de existência, enquanto as valorações da vida individual diferirem tanto entre uns e outros e os ódios, que os separam, representarem forças instintivas anímicas tão poderosas.” Freud, Escritos sobre a guerra e a morte. O que fez com que… Continuar lendo Psicologia do Terror: Como Estado Islâmico usa da Psicologia a favor do terror.

Sem categoria

Sobre o otimismo: por que devemos tomar cuidado com as palavras?

  Este não é um texto para quem quer desenvolver o otimismo, e sim para quem acredita já ser otimista para refletir se o está praticando da maneira como deveria para dar certo. A ciência, atualmente, vem demonstrando o poder das palavras, como na Neurolinguística, que é a ciência que estuda a elaboração cerebral da… Continuar lendo Sobre o otimismo: por que devemos tomar cuidado com as palavras?

Sem categoria

5 Filmes para repensar as limitações físicas e mentais: Histórias que inspiram!

O que são limitações? Definem-se como qualquer perda, anormalidade ou dificuldades relacionadas à funções físicas ou mentais, decorrentes de causas variadas. Em nossa cultura, a palavra “deficiente” tem um significado muito estigmatizante, onde a aparência de normalidade ou a invisibilidade do desvio em relação à norma são os principais elementos que podem determinar a inclusão… Continuar lendo 5 Filmes para repensar as limitações físicas e mentais: Histórias que inspiram!